10 de abril de 2017

FGTS na mão

As agências da Caixa em todo o país vão abrir duas horas mais cedo hoje para o saque de contas inativas do FGTS. A segunda fase começou no sábado e vale para quem nasceu em março, abril e maio.

De acordo com o banco, só é obrigatório levar a carteira de trabalho se for sacar mais de R$ 10 mil. Mas, se houver alguma falha no registro das informações, é preciso apresentar a carteira e, se possível, a rescisão do contrato.

As unidades da Caixa abrirão duas horas mais cedo. A exceção são aquelas que normalmente abrem às 9h: nesse caso, começam a atender uma hora antes e fecham uma hora depois. O funcionamento de todas as agências do banco também terá duas horas a mais na terça (11) e na quarta-feira (12).

Para todos os trabalhadores, será possível sacar o dinheiro até 31 de julho de 2017. Por exemplo: se o trabalhador nascido em janeiro ainda não sacou o dinheiro, ele ainda pode fazer o saque até 31 de julho. Depois disso, só vai poder sacar esse dinheiro seguindo as regras antigas --ao se aposentar ou se for comprar a casa própria, por exemplo.

Nessa segunda fase, mais de 7,7 milhões de brasileiros poderão sacar R$ 11,2 bilhões. O valor representa 26% do total das contas inativas.
Na primeira fase de saques do FGTS, que foi de 10 a 31 de março, foram sacados R$ 5,9 bilhões, que equivale a 85% do previsto pela Caixa (R$ 6,96 bilhões). Os saques foram feitos por 3,7 milhões de pessoas nascidas em janeiro e fevereiro.



Uol