10 de outubro de 2016

Dólar cai 0,44% e fecha perto de R$ 3,20, no menor valor em um mês e meio


O dólar comercial fechou esta segunda-feira (10) em queda de 0,44%, a R$ 3,2025 na venda. É a segunda baixa seguida e o menor valor de fechamento desde 22 de agosto, quando o dólar havia fechado a R$ 3,2015. 

Com isso, a moeda norte-americana acumula queda de 1,51% no mês e perdas de 18,88% no ano. Na semana passada, o dólar havia acumulado desvalorização de 1,08%.
Votação no Congresso

Investidores continuam na expectativa sobre a votação da proposta que limita os gastos do governo, que acontece na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira.

A Proposta de Emenda à Constituição limita o crescimento dos gastos públicos à inflação do ano anterior, e é a principal medida do atual governo para tentar equilibrar as contas públicas.

O presidente Michel Temer disse que o governo não tem plano B, pois trabalha com a perspectiva da aprovação do texto, mas sinalizou que haverá aumento de impostos se a medida fracassar no Congresso.
Atuação do BC

Como nas últimas sessões, o Banco Central brasileiro ofertou 5.000 contratos de swap cambial reverso (equivalentes à compra futura de dólares). Todos foram vendidos.

Feriado e debate nos EUA

O dia foi marcado por poucos negócios, devido ao feriado do Dia de Colombo nos Estados Unidos. O mercado de títulos e os bancos não funcionaram por lá, mas as Bolsas de Valores operaram normalmente.

O dólar no Brasil acompanhou a queda da moeda no exterior.

O mercado foi influenciado pela percepção de que, no segundo debate, a candidata democrata Hillary Clinton saiu-se melhor que o candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump.

A presidência de Clinton seria mais positiva para os mercados porque suas posições são mais conhecidas do que as de seu rival, de acordo com uma pesquisa da agência de notícias Reuters.




(Com Reuters)
Uol