25 de janeiro de 2017

COTAÇÕES: dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,16953,1715+0,09%
Dólar tur.3,15003,3400+0,6%
Euro3,41033,4117+0,28%
Libra4,00464,0065+1,01%
Pesos arg.0,19870,1988-0,15%

Fonte: Thomson Reuters

Motoristas da Holanda agora devem abrir a porta do carro com a mão direita

Nova legislação de trânsito na Holanda só reforça a fama de 'país das bicicletas'. No exame final para tirar a habilitação, todos os holandeses devem abrir a porta do carro com a mão direita de maneira natural. Entenda






















Não é exagero dizer que a Holanda é o país das bicicletas. Por lá, os ciclistas não só são respeitados como têm preferência total no trânsito em meio a carros, bondes e ônibus, possuindo até leis criadas especialmente para eles.

Calcula-se que o país tem mais bicicletas do que habitantes – seriam 18 milhões de bikes para uma população de 17 milhões de pessoas.

O lado ruim da superpopulação das “magrelas” é o aumento no número de acidentes entre bikes e carros, mesmo em se tratando de uma nação com 35 mil quilômetros de ciclovias. As autoescolas holandesas estão tentando solucionar esse problema de uma maneira criativa: orientando seus alunos a abrir a porta do carro sempre com a mão do lado oposto.

Para sair do carro, em vez de pegar a maçaneta com a mão esquerda, os futuros motoristas são treinados a usar a mão direita.

O simples gesto força o corpo a se virar, ajudando a criar o hábito de olhar para trás ao abrir a porta – aparentemente, o uso do retrovisor não seria suficiente para evitar esse tipo de acidente.

No exame final para tirar a habilitação, além de respeitar todas as leis de trânsito e realizar as manobras necessárias, todos os holandeses devem fazer o gesto de maneira natural, sem que o examinador precise chamar a atenção para o fato. Caso contrário, o aluno é reprovado.

No Brasil, o costume sem dúvida também seria bem vindo: além das bicicletas, os motociclistas e condutores em geral certamente poupariam acidentes e gastos com seguros e consertos de portas.





Pragmatismo Político
Foto: Divulgação

15 de janeiro de 2017

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,22053,2216+1,45%
Dólar tur.3,06003,3800+0,9%
Euro3,41953,4235-0,19%
Libra3,87843,8826-1,12%
Pesos arg.0,20320,2034+0,84%

Fonte: Thomson Reuters

Misteriosa doença da urina preta faz 2ª vítima fatal na Bahia

Morre segunda pessoa com doença que deixa a urina preta na Bahia; amostras foram enviadas para laboratório em São Paulo e também nos EUA. Confira o que se sabe até agora sobre a misteriosa enfermidade.

Foto : Divulgação


Foi confirmada nesta quarta-feira (11) a morte de uma segunda pessoa que estava com sintomas da doença misteriosa que provoca dor muscular intensa e deixa a urina preta. As informações são da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

De acordo com o órgão, a segunda vítima foi também um homem, que não teve nome e idade divulgados.

Os quadros investigados estão sendo tratados como “mialgia [dor] aguda a esclarecer”, pois ainda não há informações sobre as causas da doença.

Conforme a Sesab, além dos sintomas da mialgia, a primeira vítima (homem de 31 anos) apresentava outros problemas de saúde, entre eles hipertensão.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde de Salvador, exames feitos na água que abastece a capital descartaram contaminação.

“A higiene pessoal, o cuidado com os alimentos e a busca por uma unidade de saúde nos primeiros sintomas é a recomendação que nós fazemos para a população neste momento”, disse a coordenadora da vigilância epidemiológica de Salvador, Isabel Guimarães.
O que se sabe sobre a doença?

Sintomas. Os principais sintomas são dor muscular extrema, insuficiência renal e urina da cor preta. De acordo com o infectologista Antônio Bandeira, que acompanhou alguns dos casos em Salvador, é como se o indivíduo tivesse feito uma maratona em poucos segundos. “É uma lesão muscular aguda, então a quantidade de mioglobina que está dentro do músculo acaba saindo e vai para a urina. Ela acaba dando essa cor de Coca-Cola. Esse pigmento também tem uma ação nefrotóxica (tóxica para os rins)”, explicou. A manifestação dos sintomas se assemelha a pequenos surtos ocorridos no exterior, como no Japão, entre 2008 e 2014, na França, entre 2008 e 2010, e na Dinamarca, em 2014.

Casos. Todos os casos foram registrados na região metropolitana de Salvador. Além da morte em Vera Cruz, outro caso foi notificado em Lauro de Freitas, e 50 ocorreram na capital baiana. Os registros foram contabilizados de 14 de dezembro a 5 de janeiro deste ano.

Investigação. Amostras de fezes de nove pacientes foram encaminhadas para o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), no Rio de Janeiro. O órgão é referência na análise de amostras para identificar novas doenças. As análises estão em andamento, mas o instituto pediu mais amostras de soro e de urina para continuar a investigação. Não há um prazo para a entrega do laudo. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, 44 pacientes tiveram resultado negativo para infecção bacteriana. Há, ainda, a suspeita de que peixes consumidos na região tenham causado intoxicação. Por isso, amostras consumidas por pessoas acometidas pela doença foram encaminhadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e para um laboratório dos Estados Unidos.

Tratamento. Como não há uma confirmação das causas, o tratamento é feito com hidratação e analgésico. É importante que o paciente não tome anti-inflamatório para não piorar a situação dos rins. O tempo para um quadro um pouco mais suave dos sintomas varia de três dias até uma semana.




Pragmatismo Político

Novas ações da Prefeitura do Recife vão economizar R$ 16 milhões

Visando o controle de gastos para equilibrar receitas e despesas, a Prefeitura do Recife (PCR), por meio da Controladoria Geral do Município (CGM), anunciou ontem a economia de R$ 16 milhões a partir do corte de 215 carros da frota do município.

Os veículos serão gradativamente reduzidos ao longo do ano, e a iniciativa faz parte do contingenciamento de despesas da máquina pública, que, junto com outras medidas voltadas para o custeio, deverá resultar na economia de R$ 90 milhões. Elaborado a custo zero a partir do capital humano do quadro de servidores da Emprel e da própria CGM, a frota de carros contará com aplicativo desenvolvido especialmente para atender à demanda interna.

Outra medida anunciada foi o controle mais rígido para emissão de passagens aéreas e expedição de diárias. Esse controle deverá gerar uma economia de R$ 600 mil até o final deste ano.




Destak Jornal

4 de janeiro de 2017

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,23723,2377-0,76%
Dólar tur.3,22003,4100-0,58%
Euro3,37743,3785-0,68%
Libra3,97453,9761-0,55%
Pesos arg.0,20190,2030-0,98%

Fonte: Thomson Reuters