27 de dezembro de 2016

Governo do Estado lança Convocatória do Carnaval 2017

Artistas de forró eletrônico, forró estilizado, brega, swingueira, arrocha, funk, sertanejo e pagode estilizado não poderão se inscrever na convocatória do Governo de Pernambuco para o carnaval de 2017.

O frevo e outras expressões tradicionais do Ciclo Carnavalesco sairão fortalecidas do processo. Foto: Divulgação

Do total de recursos estaduais a serem alocados na iniciativa, 30% serão destinados à categoria de Cultura Popular; 40% a representantes da Música da Tradição Carnavalesca; 10% para as Orquestras de Frevo; e 20% aos grupos e artistas da Música Popular Brasileira. De acordo com a Convocatória, não se enquadram nas categorias descritas acima os seguintes gêneros musicais: Forró Eletrônico, Forró Estilizado, Brega, Swingueira, Arrocha, Funk, Sertanejo e Pagode Estilizado.

Caso o valor total das propostas contratadas em uma determinada categoria seja menor que o recurso disponibilizado para a mesma, o saldo remanescente será distribuído, obedecendo o limite de cada categoria. Primeiramente para a Cultura Popular, depois para as Orquestras de Frevo, Música da Tradição Carnavalesca e Música Popular Brasileira, sucessivamente.

Outro destaque é que mais uma conquista dos Patrimônios Vivos de Pernambuco segue confirmada no instrumento. Com o intuito de garantir, no Carnaval, a presença destes artistas e grupos detentores do nosso saber cultural , estes terão dispensa de “consagração”, estando desde já habilitados pelo mérito cultural. Tal decisão está em acordo com a Lei Estadual do Registro do Patrimônio Vivo.

As inscrições na Convocatória do Carnaval de Pernambuco 2017 deverão ser realizadas entre os dia 4 e 12 de janeiro.




Ascom

20 de dezembro de 2016

Vladimir Putin reage à morte de embaixador russo na Turquia

Vladimir Putin e presidente turco alinham discurso após atentado contra embaixador russo. Assassino é policial de 22 anos e seria ligado ao clérigo Fethullah Gulen, exilado nos Estados Unidos

Policial turco abre fogo em galeria de arte na Turquia e mata embaixador russo no país durante discurso do diplomata (Imagem: Yavuz Alatan/Sozcu daily/AFP)


Vladimir Putin, presidente da Rússia, afirmou nesta segunda-feira (19) que o assassinato do embaixador do país na Turquia tem como objetivo minar as boas relações entre Moscou e Ancara e atrapalhar uma solução pacífica para o conflito na Síria. O autor dos disparos é o policial turco Mevlut Mert Altintas, de 22 anos.

O tom de Putin foi o mesmo usado pelo presidente colega turco, Racep Erdogan, que iniciou uma investigação conjunta entre os dois países.

“O crime é, sem dúvida, uma provocação destinada a pôr fim à normalização das relações russo-turcas e atacar o processo de paz na Síria”, disse Putin ao se reunir com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

Putin destacou que o processo é apoiado ativamente pela própria Rússia, além de Turquia, Irã e outros países interessados em encontrar uma solução para o conflito sírio.

“A resposta ao assassinato do embaixador russo na Turquia será o reforço na luta contra o terrorismo. E os bandidos sentirão isso em suas próprias carnes”, afirmou Putin.

O presidente da Rússia afirmou que o ataque ao embaixador Andrei Karlov, de 62 anos, foi uma “atitude vil”. Além disso, revelou que acertou com o presidente da Turquia, Erdogan, uma investigação conjunta sobre o incidente no centro de Ancara.

“Devemos descobrir quem está por trás do assassino”, disse Putin, acrescentando que irá reforçar as representações diplomáticas da Rússia na Turquia.

Segundo a agência Reuters, há uma forte suspeita de que o assassino esteja ligado ao clérigo Fethullah Gulen, exilado nos Estados Unidos.

De acordo com a agência, um oficial de alta patente turco afirmou que há “sinais muito fortes” que o atirador pertencia à rede comandada pelo clérigo Fethullah Gulen.

O Governo da Turquia acusa Gullen de orquestrar a tentativa de golpe frustrada que ocorreu no país no último mês de julho.

O presidente turco Racep Erdogan ainda acredita que Gullen criou uma “rede paralela” no país que incluiria a polícia, forças armadas, judiciário e serviços civis.

O presidente russo também elogiou Karlov, um “extraordinário diplomata que mantinha boas relações exteriores com as autoridades e outras forças políticas turcas”.
Erdogan segue linha do presidente russo

O presidente turco disse nesta segunda-feira que conversou com o presidente russo, Vladimir Putin, e que ambos concordaram que o assassinato do embaixador da Rússia em Ancara por um homem armado foi um ato de provocação por parte de pessoas interessadas em prejudicar as relações entre os dois países.

Em uma mensagem de vídeo transmitida pela televisão turca, Erdogan disse que as relações Turquia-Rússia são vitais para a região, e que aqueles que buscam danificar os laços não irão atingir seus objetivos.

Os dois países acertaram uma reaproximação diplomática em agosto, após meio ano de tensões provocadas pela derrubada de um avião de guerra russo por um caça turco na fronteira com a Síria.
Rivais históricos

Rússia e Turquia são rivais históricos, mas o atentado de hoje não deve abalar a relação dos dois países, que é amistosa desde junho de 2016.

Em lados opostos no conflito da Síria, os governos da Turquia e Rússia estavam colaborando, nos últimos dias, na operação de evacuação de civis da cidade de Aleppo, no norte da Síria.
Conflito na Síria

A guerra civil na Síria já obrigou mais de 11 milhões de pessoas a deixarem suas casas. A batalha é travada, de um lado, pelas forças leais ao governo, que é apoiado por Rússia e Irã, e, de outro, grupos oposicionistas, que são apoiados por EUA, Israel, Arábia Saudita e Turquia. O Estado Islâmico também atua na região.

A batalha chegou à capital, Damasco, e a Aleppo, segunda cidade do país, em 2012. O conflito hoje é mais do que uma disputa entre grupos pró e anti-Bashar al-Assad. Adquiriu contornos sectários, jogando sunitas contra xiitas. E o avanço do Estado Islâmico deu uma nova dimensão à guerra.

O EI se aproveitou do caos e tomou controle de grandes áreas na Síria e no Iraque, onde proclamou a criação de um “califado” em junho de 2014. Seus integrantes estão envolvidos numa “guerra dentro da guerra” na Síria, enfrentando não apenas as forças do governo de Assad, mas rivais jihadistas da Frente al-Nusra, ligada à Al-Qaeda, e forças curdas.

Em setembro de 2014, uma coalizão liderada pelos EUA lançou ataques aéreos na Síria em tentativa de enfraquecer o EI. Mas a coalizão evitou ataques que poderiam beneficiar as forças de Assad. Em 2015, a Rússia iniciou campanha aérea alvejando terroristas na Síria, mas ativistas da oposição dizem que os ataques têm matado rebeldes apoiados pelo Ocidente.

Há evidências de que todas as partes cometeram crimes de guerra – como assassinato, tortura, estupro e desaparecimentos forçados. Também foram acusadas de causar sofrimento civil, em bloqueios que impedem fluxo de alimentos e serviços de saúde, como tática de confronto.

com informações de EFE e BBC

 
Pragmatismo Político

19 de dezembro de 2016

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,37523,3762-0,42%
Dólar tur.3,35003,5600-0,28%
Euro3,52373,5261-0,59%
Libra4,18684,1906-1,2%
Pesos arg.0,21310,2135-0,19%

Fonte: Thomson Reuters

Homem morre ao saltar de bungee jump no interior de São Paulo

Fábio Ezequiel de Morais, 38 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu à queda de aproximadamente 40 metros de altura

Local é conhecido por ser ponto de treinamento de rapel dos bombeiros e pela prática rotineira de esportes radicais Foto: Instagram / Reprodução 


Um homem morreu ao cair de uma altura de aproximadamente 40 metros no domingo, durante a prática de bungee jump na ponte férrea Engenheiro Acrísio, que liga os municípios de Mairinque e Itu, no interior de São Paulo. Fábio Ezequiel de Morais, 38 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o relato de testemunhas ao portal G1, a corda de segurança que limita o elástico se rompeu e fez com que Fábio fosse ao chão. Ao cair, ele teria quicado na superfície até chegar a um colchão inflável, que estava colocado no local.

A empresa MF Locação de Equipamentos, responsável pela organização do salto, lamentou o ocorrido e se colocou à disposição dos familiares da vítima e das autoridades: "Neste momento tão difícil para todos, os esforços estão direcionados para a assistência aos familiares de Fábio".

A Polícia Civil de Mairinque, por sua vez, informou que abriu um inquérito para investigar o caso.





Diário Gaúcha/ZH

Roubos e furtos de carros crescem 45%

Entre janeiro e outubro deste ano, foram registrados 17.335 roubos e furtos de veículos em Pernambuco, de acordo com dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) do Estado. Isto representa um aumento de 45%, se comparado ao mesmo período de 2015, quando houve 11.949 casos.

Se considerados apenas os roubos de carros nos primeiros dez meses de 2016, foram registrados 12.457 - um aumento de 48%, se comparado ao mesmo período do ano passado, quando houve 8.393 casos. Já se observarmos somente os furtos entre janeiro e outubro de 2016, a SDS contabilizou 4.878 ocorrência - 37% a mais do que o mesmo período de 2015, quando houve 3.556 casos.

Há cerca de cinco meses, a administradora Sandra Carvalho, de 31 anos, teve o seu carro furtado, no bairro de Boa Viagem, na zona sul do Recife. "Precisei pegar alguns documento na empresa onde trabalho, em um dia de domingo. Estacionei o carro quase em frente ao local e entrei no prédio. Acredito que levei no máximo 15 minutos para voltar, mas o veículo não estava mais onde eu tinha deixado", lembra.

A administradora conta que por alguns instantes não soube o que fazer, mas não demorou e acionou a Polícia Militar (PM) e em seguida foi até uma delegacia fazer uma denúncia do furto. "Para minha sorte, no dia seguinte, o carro foi encontrado, mas tudo que estava dentro dele foi levado. Objetos pessoais, dinheiro, roupas e até uma cadeirinha de criança que estava no banco de trás do carro", diz.

O veículo de Sandra Carvalho foi levado justamente da área onde há o maior número de registros deste tipo de crime. De acordo com a SDS, na zona sul do Recife, composta pelos bairros de Brasília Teimosa, Pina, Boa Viagem, Jordão, Cohab, Ibura, Ipsep e Imbiribeira, houve 1.058 roubos e furtos de automóveis, entre janeiro e outubro de 2016. No mesmo período do ano passado foram contabilizados 810 casos. Isto representa um aumento de 30%.

Recuperados

Assim como tem aumentado o número de roubos e furtos de veículos no Estado, a quantidade de carros recuperados pela polícia também está crescendo. Enquanto entre janeiro e outubro de 2015 foram encontrados 5.356 veículos roubados ou furtados, no mesmo período deste ano chegou a 7.538 a quantidade de automóveis recuperados pela polícia.




Destak Jornal

5 de dezembro de 2016

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,43143,4319-1,17%
Dólar tur.3,42003,6200-0,82%
Euro3,67913,6800-0,85%
Libra4,36194,3640-1,38%
Pesos arg.0,21540,2156-1,37%

Fonte: Thomson Reuters