18 de outubro de 2016

Polícia Federal investiga banda Aviões do Forró por sonegação

A Polícia Federal deflagrou ontem a operação For All, que investiga fraudes no imposto de renda que teriam sido cometidas por grupos musicais. Entre os investigados está a banda Aviões do Forró, nacionalmente conhecida.

Segundo a Polícia Federal, pelo menos quatro bandas administradas pela A3 Entretenimento são investigadas pela fraude que teria desviado R$ 500 milhões. A PF afirma que as bandas declaravam apenas 20% do que ganhavam.

De acordo com a polícia, "causou estranheza" quando foram analisados os valores médios dos cachês das bandas, a quantidade de shows realizados e divulgados em agenda pela internet, e os valores declarados ao Imposto de Renda. A partir de então, as investigações tiveram início.

Os vocalistas da Aviões do Forró, Xand e Solange Almeida, foram ouvidos na sede da polícia, em Fortaleza. Segundo a polícia, eles não foram indiciados formalmente, apenas prestaram esclarecimentos.

Operação

A operação cumpriu ao todo 32 mandados de condução coercitiva, sendo 26 de pessoas jurídicas e 6 de pessoas físicas. A PF apreendeu 163 bens imóveis, além de 38 veículos de pessoa física e 37 de pessoas jurídicas. As investigações iniciaram em 2012.





Destak Jornal