27 de março de 2016

Morre o escritor americano Jim Harrison aos 78 anos

O escritor americano morreu este domingo aos 78 anos. "A good day to die", "Legends of the fall" e "Dalva" são três das obras icónicas do escritor. Deixa 14 romances e dez livros de poesia. 
 
 
Jim Harrison morreu este domingo aos 78 anos. O autor americano apelidado de “força da natureza” é conhecido pelos trabalhos de poesia, ficção e ensaios. Harrison chegou a ser comparado a William Faulkner e Ernest Hemingway. “A good day to die” e “Dalva” são duas das obras mais conhecidas do escritor.

O filme “Lendas da Paixão” tem origem na obra do escritor “Legends of the fall”. O autor morreu em casa, no estado do Arizona, devido a um ataque cardíaco. Jim Harrison deu uma das últimas entrevistas ao New York Times. Questionado sobre os planos de próximas leituras, Harrison respondeu, a 17 de março: “Não tenho planos. Estou à espera do que vier”. Sobre quem gostaria que fosse o escritor da história da sua vida, Harrison responde: “Eu próprio. O único escritor possível”.
 
O anúncio já corre nas redes sociais e os utilizadores partilham frases icónicas do escritor. “O hábito é o que destrói a arte” é uma delas.
 
 
 
 
 
Observador

19 de março de 2016

Dia do Artesão é comemorado em Pernambuco com números positivos

Nos primeiros três meses deste ano, o Estado já cadastrou mais de 900 artesãos
 
 Peça esculpida pelo mestre Nicla (Foto: divulgação)

 Neste sábado (19/03) será comemorado o Dia do Artesão. Aqui em Pernambuco, o Centro de Artesanato, no Marco Zero, reúne 1.200 artesãos que produziram mais de 22 mil peças em comercialização no espaço. Mestres e artesãos só tem o que comemorar: em 2015, o Estado cadastrou mais de 1,5 mil profissionais. Só nos primeiros três meses deste ano já foram cadastrados mais de 900 artesãos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (SICAB).

Apesar do crescente número, muitos deles ainda não sabem como adquirir a Carteira do Artesão. O primeiro passo é agendar o atendimento com o Centro de Artesanato de Pernambuco, através do telefone (81) 3181-3457. Para se cadastrar, o artesão deve levar cópia do RG, CPF, comprovante de residência e uma foto 3×4 colorida. Logo em seguida, o profissional passará por um teste de habilidades técnicas, cuja aprovação é da Coordenação Estadual de Artesanato.

O registro no SICAB proporciona ao artesãos diversos benefícios, como participação em feiras de artesanato nacionais e internacionais nos espaços do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), participação em oficinas e curso de artesanato, além de incentivos fiscais (em alguns estados) e desconto de 20% na comercialização do estande da Fenearte.

O Centro de Artesanato de Pernambuco

O espaço articula ações que permitem ao artesão a exposição e comercialização da sua arte, como a Unidade Móvel de Artesanato e a Fenearte, que neste ano chega a sua 17º edição. Mesmo com a crise econômica que tem assolado o país, o artesanato pernambucano tem se sobressaído.

Desde janeiro até a primeira quinzena de março deste ano, o Centro faturou mais de R$ 600 mil com a comercialização de quase 28 mil peças. O primeiro mês de 2016 foi o melhor em vendas para a loja desde a inauguração do espaço, com a movimentação de mais de R$ 350 mil.

O diretor de promoção do artesanato da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Thiago Angelus, destaca os resultados: “O Governo do Estado, por meio da AD Diper, vem trabalhando de forma estratégica nas ações para o setor artesanal. Apesar do atual momento econômico, os canais de comercialização têm mostrado bom desempenho e os números provam isso. Pretendemos aumentar ainda mais o faturamento da nossa loja e termos melhores vendas na Unidade Móvel de Artesanato e na 17º edição da Fenearte. Vale ressaltar que os artesãos são os verdadeiros merecedores de todo nosso trabalho, pois são eles que contribuem para a nossa riqueza cultural”, destacou.

Além da Unidade Recife, o Centro de Artesanato possui outro espaço no município de Bezerros, localizado na BR-232, KM 107. A loja reúne uma exposição diária de cinco mil peças de mais de mil artesãos cadastrados de vários municípios. Já o museu expõe 644 obras de 57 artesãos e 15 associações que, juntos, representam a arte popular de 26 municípios.

Unidade Móvel de Artesanato

A carreta é um dos canais de comercialização do Programa do Artesanato de Pernambuco (Pape). A Unidade já percorreu vários municípios do Estado e também outras cidades do Brasil. Ano passado, o caminhão estacionou em Petrolina, Salgueiro, Goiana, Paulista, Vicência e também no Recife.

Durante os 12 meses de 2015, a carreta faturou mais de R$ 100 mil com a comercialização de mais de nove mil peças. Além disso, recebeu mais de 17 mil visitantes. Neste ano, a Unidade Móvel já percorreu os municípios de Goiana e Altinho e segue com a agenda cheia até o final do primeiro semestre de 2016. No Dia do Artesão, o caminhão estará em Tracunhaém.

Fenearte

Os preparativos para XVII Fenearte estão a todo vapor. Nesta ano, o evento será realizado de 07 a 17 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Na sua última edição, a Fenearte contou com um público recorde de 330 mil visitantes e movimentação financeira de mais de R$ 40 milhões. Em 2016, com o tema “Artesanato, a Arte Brincante”, a feira bateu recorde no número de artesãos inscritos: foram mais de 1,9 mil cadastros realizados no sistema da Feira.

 



Fonte: Ascom/publicado por Yasmim Dicastro

18 de março de 2016

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra, Peso.

 
     Compra Venda  Variação
Dólar com.  3,6505    3,6533 -2,29%
Dólar tur.3,48003,7700 -3,08%
Euro4,08154,0863 -2,82%
Libra5,23125,2363 -2,00%
Pesos arg.0,24270,2433 -5,18%   
                                                             Fonte: Thomson Reuters















 





       

11 de março de 2016

Morre Keith Emerson, tecladista da banda Emerson, Lake & Palmer

 Keith Emerson, tecladista da banda Emerson, Lake & Palmer, morreu na última sexta-feira, 11, aos 71 anos. 


 A informação foi confirmada na página oficial do músico britânico no Facebook. “É com muita tristeza que anunciamos que Keith Emerson faleceu em sua casa em Santa Monica, Los Angeles, aos 71 anos. Pedimos privacidade à família e que o luto seja respeitado”, diz o comunicado.

O baterista Carl Palmer também se manifestou a respeito de seu parceiro de banda. “Estou profundamente triste ao saber da morte de meu bom amigo e irmão. Keith era uma alma gentil, cujo amor pela música, a paixão por sua performance como tecladista, permanecerá inigualável por muitos anos. Ele foi pioneiro e inovador, cujo gênio musical tocou a todos nós no mundo do rock, da música clássica e do jazz. Sempre vou lembrar seu sorriso caloroso, do senso de humor, de seus carisma irresistível e de sua dedicação à arte musical. Eu sou muito sortudo por tê-lo conhecido e de ter feito a música que fizemos juntos”, escreveu ele no Twitter.

Formado em Croydon, no Reino Unido, o Emerson, Lake & Palmer é um grupo de rock progressivo que lançou o primeiro disco em 1970. Contemporâneo de outras bandas do gênero, como Pink Floyd, Genesis, Yes e Gentle Giant, o Emerson, Lake & Palmer tinha músicos virtuosos na formação original.

Além de Keith Emerson, a banda é formada pelo vocalista Greg Lake e pelo baterista Carl Palmer. Eles foram precursores no uso de sintetizadores e na mistura de elementos da música erudita no rock.

Ainda que nunca tenham conquistado a devida admiração dos críticos, a importância da banda e o talento de Emerson não podem ser negados. Bem como a qualidade de álbuns como Tarkus (1972) ou Brain Salad Sugery (1973) e de canções como Karn Evil 9 ou Fanfare for the Common Man.

A natureza progressiva do som da banda fez com que ela tivesse poucos hits. Mesmo assim, a balada Lucky Man, além de From the Beginning e Still You Turn Me On, fizeram bastante sucesso nas rádios. 





Fonte: Estadão

10 de março de 2016

Os tambores silenciam. Conheça um pouco mais sobre o maior percussionista do mundo: Naná Vasconcelos

 Músico e compositor, Juvenal de Holanda Vasconcelos, Naná Vasconcelos, nasceu no Recife em 2 de agosto de 1944 e é reconhecido internacionalmente como o maior percussionista do mundo. 
Iniciou a carreira tocando tarol e bumbo na Banda Marcial da Prefeitura do Recife.


Depois, tocou bateria no conjunto "Bossa Norte", que animava as noites em cabarés de sua cidade.Em 1970, foi morar no exterior; primeiro, na França; depois, em Nova Iorque, de onde passaria a administrar sua carreira de músico internacional.

Tem 15 discos gravados, entre os quais um CD com todas as trilhas sonoras que compôs para filmes famosos como "Down by Law", "Procura-se Susan Desesperadamente", "Pindorama", "Stranger than Paradise", entre outros.

Já tocou com celebridades como Miles Davis, Don Cherry, Thelonius Monk, Jean-Luc Ponty, B.B. King, Gato Barbieri, Mongo Santamaria, Talking Heads, Pat Metheny. Em 1997, recusou convite do U2 para se juntar à banda.

Num casarão em Salvador, doado pelo governo da Bahia, montou a Fundação ABC das Artes, dedicada a ensinar música e artes a crianças carentes. Entre os discos que gravou, destacam-se: "Nanatronic", "Africadeus", "Saudades", "Rain Dance", "Bush Dance""Zumbi", "Amazonas".

Sua obra é mais conhecida no exterior do que no Brasil. Conseguiu revolucionar o papel da percussionista e é talvez o único músico que lota teatros de todo o mundo se apresentando sozinho, apenas com instrumentos de percussão. A consolidada carreira internacional foi sempre marcada pelo recebimento de títulos e premiações, dentre as quais, oito prêmios Grammy.

Em 9 de março de 2016, Naná, que estava internado em um hospital do Recife, faleceu após ter uma parada respiratória em decorrência de câncer de pulmão.



Fonte: A-Z
undefined

7 de março de 2016

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra, Peso.

Compra Venda Variação
Dólar com. 3,7919 3,7937 +0,88%
Dólar tur. 3,6300 3,9300 +0,51%
Euro 4,1656 4,1708 +0,73%
Libra 5,3934 5,4014 +0,92%
Pesos arg. 0,2455 0,2462 -0,56% Fonte: Thomson Reuters    

6 de março de 2016

Músico Naná Vasconcelos está internado em estado grave

Percussionista deu entrada na unidade após passar mal em um show
 

 O músico Naná Vasconcelos, 71 anos, está internado em estado grave na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do hospital Unimed III, no Recife. O percussionista deu entrada na unidade na última segunda-feira após passar mal em um show em Salvador, realizado no domingo, com o violoncelista Lui Coimbra. 

Neste sábado, o quadro do músico piorou. A coordenação do Hospital informou ao jornal O Estado de S.Paulo que vai se reunir com a assessoria do percussionista nesta segunda para atualizar as informações sobre seu estado de saúde. Em um boletim enviado pelo hospital à imprensa na tarde deste sábado, os médicos dizem que o artista "encontra-se em observação" e que o "quadro inspira cuidados". Foram diagnosticados "infecção respiratória, arritmia cardíaca e progressão de neoplasia".


No segundo semestre de 2015, Naná Vasconcelos ficou internado mais de 20 dias passando por um tratamento contra um câncer de pulmão, descoberto em agosto. Ele procurou a emergência do hospital após voltar de uma viagem ao Rio de Janeiro, onde apresentou o show O Bater do Coração.

"Pegou todos de surpresa porque ele havia feito um raio x do pulmão no ano passado e uma revisão geral há dois meses e nada foi encontrado. Foi tudo muito rápido, um susto", declarou o músico na época.

Após o período, o percussionista foi liberado se disse otimista sobre seu estado de saúde:

"Eu tenho essa situação, e tenho que enfrentar com força, pensamento positivo. E vou enfrentar com o pensamento de que eu vou chegar lá".

Apesar da doença, Naná fez questão de participar da abertura do Carnaval do Recife no Marco Zero este ano. Foi acompanhado por seus 400 batuqueiros.
 
 
 
 
 
Zero Hora

5 de março de 2016

Morre aos 70 anos o escritor Pat Conroy, autor de "O Príncipe das Marés"

Washington, 5 mar (EFE).- O escritor Pat Conroy, autor de romances famosos como "O Príncipe das Marés" e "O Grande Santini", obras que foram adaptadas com sucesso para o cinema, morreu nesta sexta-feira, aos 70 anos de idade, em sua casa na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, informou seu editor em comunicado.
 
(Foto: Richard Shiro / Arquivo / AP Photo)
 
 "Conroy faleceu esta tarde (sexta-feira) em seu lar em Beaufort (Carolina do Sul) ao lado de sua família e entes queridos", disse Todd Doughty, vice-presidente e diretor-executivo de publicidade da editora Doubleday, que também explicou que a causa da morte foi um câncer no pâncreas.

O escritor, que cresceu em um ambiente familiar com várias dificuldades, utilizou suas experiências pessoais e a região pantanosa do litoral da Carolina do Sul de inspiração para suas obras, e escreveu títulos como "O Príncipe das Marés", "O Grande Santini" e "Gardiões da Honra", outro romance levado à tela grande.

Segundo o "New York Times", Conroy viveu uma infância "brutal", sob o controle do pai, um homem "sádico" que agredia sua esposa e educava seus sete filhos com uma rotina militar, e "abusava deles de maneira desumana", especialmente Pat, o mais velho.



Fonte: Uol

4 de março de 2016

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra, Peso.


Compra Venda Variação
Dólar com. 3,7597 3,7607 -1,09%
Dólar tur. 3,6000 3,9100 -1,01%
Euro 4,1360 4,1398 -0,58%
Libra 5,3492 5,3531 -0,63%
Pesos arg. 0,2471 0,2476 -1,04%   Fonte: Thomson Reuters

2 de março de 2016

Hospital Ermírio Coutinho em Nazaré da Mata fecha as portas

 Funcionários do Hospital Ermírio Coutinho, localizado no município de Nazaré da Mata, Zona da Mata Norte de Pernambuco, fecharam as portas da unidade de saúde e paralisaram o atendimento nesta quarta-feira (2). 
 
 
O hospital tem atendimento em várias especialidades, e atende, além de moradores de Nazará da Mata, pacientes que moram nas cidades circunvizinhas da região. Segundo informações do médico e também diretor do Hospital Ermírio Coutinho, Francisco Madeiro, o fechamento da unidade é culpa exclusivamente do governo do estado de Pernambuco que não reajustou os salários dos profissionais como também a falta de pagamento da pró-atividade. Somente nesta semana, 33 mulheres realizaram partos no local e apenas essas pacientes estão ainda estão sendo atendidas.
 
Segundo informações da diretoria do Hospital os salários estão em dia, mas no dia a dia existe uma sobrecarga grande nos atendimentos realizados no hospital e o governo do Estado não vem cumprindo com o pagamento dessa "jornada extra" realizada pelos profissionais.

No dia 19 de Janeiro, a falta de medicamentos e a irregularidade no repasse de verbas já tinha provocado problemas para que os atendimentos fossem realizados normalmente no Ermírio Coutinho.

Por meio de nota, a secretaria estadual de Saúde "esclarece que vem discutindo e trabalhando juntamente com a unidade o reajuste dos valores dos repasses. "



 
ASCOM/JC

1 de março de 2016

Morre o músico Severino Filho, do grupo Os Cariocas, no Rio de Janeiro

O músico não resistiu a uma parada cardiorrespiratória na manhã de terça-feira
 

 Nesta terça-feira (01/3), o país perdeu um dos grandes nomes da bossa nova, Severino Filho. O músico de 88 anos, integrante da banda Os Cariocas, sofreu uma parada cardiorrespiratória no início desta manhã.

Severino que era instrumentista e arranjador, seguia internado desde o início do ano por consequência de trombose pulmonar no Hospital Quinta D'Or, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio de Janeiro. No último ano, o artista sofreu complicações e ficou internado por cerca de um mês no Hospital São Luiz, e por vontade própria foi transferido para o Rio de Janeiro, onde teve a perna direita amputada justamente por causa da trombose pulmonar.

Para Dikran Berberian, criador do Clube da Bossa de Brasília, a música popular brasileira perde um grande artista que parecia indestrutível. “Severino Filho era um amigo fraterno do Clube da Bossa, onde fez vários shows.No último deles, em novembro de 2015, levou ao público um arranjo que fiz para Asa branca, de Luiz Gonzaga, vocalizado por ele e seus companheiros de grupo. Todos nós, amantes da bossa nova, vamos sentir muita a falta de Severino. Ficamos na torcida para que, sob a inspiração dele, o conjunto não se desfaça”.

 Desde 1946, a banda Os Cariocas é considerada um dos grupo de renome no segmento musical no Brasil, tendo sido ícone de influência na carreira de músicos como, Tim Maia, que gravou um disco junto com a banda.

 Para Severino, a música era o elemento primordial do qual regia sua vida, até nos seu últimos momentos. De acordo com sua filha, Lúcia Veríssimo, mesmo no período de sua internação, o cantor fazia questão de chamar os companheiros da banda para ensaiar dentro do próprio CTI. Também no hospital, Severino ganhou a dmiração dos profissionais e demais pacientes com o repértório de músicas clássicas como Garota de Ipenama, Minha namorada e Corcovado.





Texto e foto: Correio Braziliense 
 

Aniversário da cidade do Rio de Janeiro

Cidade maravilhosa, cidade da bossa nova, cidade das praias e mulheres mais lindas do mundo, cidade do samba e escolas que brilham todos os carnavais , enfim, cidade que todos querem conhecer a sua singular beleza natural. PARABÉNS pelos os seus 451 anos de vida! 
(Wilson Pessoa)


 Aniversário da Cidade
 
1º de março ou 20 de janeiro? - Muitos ficam indecisos entre as duas datas. Por isso, inúmeras vezes se tem comemorado o aniversário do Rio de Janeiro no dia do santo padroeiro. Para afastar quaisquer dúvidas, fica aqui registrado sucintamente o episódio de fundação da cidade. Em 1555, os franceses invadiram o Rio de Janeiro pretendendo aqui fundar uma colônia. Em 1564, os portugueses resolveram, enfim, organizar uma expedição para expulsá-los e fundar uma cidade fortificada com o objetivo de impedir para sempre outras investidas. Estácio de Sá, sobrinho do governador Mem de Sá, chegou em terras cariocas no dia 28 de fevereiro com alguns navios e soldados, desembarcando na praia entre o morro Cara de Cão e o Pão de Açúcar. No dia seguinte, 1º de março de 1565, fundou oficialmente a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, em homenagem ao rei menino de Portugal e escolheu o santo de mesmo nome para padroeiro, a quem se presta homenagem no dia 20 de janeiro. A lenda diz que o mordomo encarregado de cuidar da capela do santo foi atacado por índios. Invocou seu nome e imediatamente chegaram reforços. Em uma das canoas um moço louro lutou bravamente, desaparecendo depois de finda a batalha. Foi identificado como sendo o santo padroeiro que lutara em defesa de sua cidade.




Texto encontrado no site do governo do Rio de Janeiro