25 de junho de 2015

Paracetamol: pessoas estão em risco de overdose e morte, sem saber, por usarem a dose máxima recomendada

Tomar muito paracetamol para o resfriado ou dores, ultrapassando a dose máxima diária, pode matá-lo, de acordo com especialistas.


Os pacientes, muitas vezes, não conseguem perceber a real quantidade do fármaco quando estão gripadas. Muitas tomam um comprimento como analgésico, mas também acabam tomando remédios compostos para dor de cabeça ou um chá (encontrado em farmácias) que alivia dores e coriza em momentos de gripe. O grande problema é que poucos sabem que, nestes dois últimos, também pode existir paracetamol na composição, o que se soma ao total máximo que alguém deve ingerir do medicamento, por dia.

Um estudo mostrou o risco de morrer de insuficiência hepática (fígado) por falta de desconhecimento, ingerindo acidentalmente doses perigosas ou fatais.

Oito comprimidos de 500 mg por dia - o equivalente a 4 gramas - deve ser a dose máxima diária.

No estudo, uma equipe liderada pelo Dr. Kenneth Simpson, analisou dados de 663 pacientes que tinham sido admitidos no Edinburgh Royal Infirmary, entre 1992 e 2008, com danos no fígado causados ​​por paracetamol.

Eles encontraram 161 pessoas, com média de idade de 40 anos, que haviam ingerido a substância em doses acidentais, por usarem vários medicamentos diferentes, para aliviar dores nas costas, estômago, cabeça ou dente. Todos tiveram overdose ao paracetamol.

Dois em cada cinco morreram de insuficiência hepática, diz um relatório no British Journal of Clinical Pharmacology.

Dr. Simpson, da Universidade de Edimburgo, disse que essa ingestão acidental pode ocorrer quando a pessoa possui dores persistentes que demoram a passar, tomando mais paracetamol do que deveriam.

"Essas pessoas tomam paracetamol ao longo do dia, várias vezes, mas não possuem controle de quantos mg tomaram em um ou vários dias”, disse Dr. Simpson. Repetidos erros na dosagem podem gerar lesões acumulativas no fígado e complicações, muitas vezes irreversíveis.

Ele ainda salientou que o menor valor encontrado no estudo foi 10 g, o que levou à morte. Mas, outros pacientes que também morreram haviam tomado 24 gramas!

"A coisa mais segura a fazer é monitorar o quanto você está tomando e não ultrapassar oito comprimidos de 500 mg em um dia", disse ele.

Quantidades adequadas da droga são toleradas pelo corpo e agem de forma inofensiva, cumprindo o objetivo terapêutico, mas doses acima da máxima diária permitida, é um grande risco para o fígado.





Foto: Jornal Ciência
Foto: Reprodução/Beevoz

21 de junho de 2015

Novela "Os Dez Mandamentos", da Record, vai ter duração estendida graças ao grande sucesso!

A novela "Os Dez Mandamentos", da Record, vai ter duração estendida devido ao grande sucesso de público e só termina no mês de novembro.

Foto: Divulgação/Record

A novela "Os Dez Mandamentos", da Record, está fazendo tanto sucesso, que já é a atração mais vista da emissora em todo o Brasil. Exatamento por isso, o canal vai alterar o planejamento inicial e dar um esticadinha no calendário de gravações. As informações são do colunista Flávio Ricco, do site UOL.

O diretor-geral da trama, Alexandre Avancini, alterou o cronograma para que a galera possa ter o maior cuidado na hora de editar os capítulos finais e, com certeza, gravar algumas cenas extras, já que o folhetim vem incomodando bastante a concorrência. Agora, as gravações da novela protagonizada por Sérgio Marone, que está muito sexy com visual careca, serão finalizadas em 30 de setembro, ao invés de 19 de setembro.

Apesar de toda a antecedência, a novela bíblica, que ainda assim perde para "Chiquititas", do SBT, só deve ter seu último capítulo exibido no mês de novembro. Então, ainda existem muitas histórias e emoções para serem contadas durante esse tempo. Contudo, a substituta, "Escrava Mãe", já está sendo gravada em São Paulo.

E não se esqueça: "Os Dez Mandamentos", vai ao ar de segunda a sexta, às 20h30, na Record!




Fonte: Purebreak

Relembre o assassinato brutal que inspirou a polêmica redução da maioridade penal para 10 anos na Inglaterra

Assassinato cometido pelos meninos Robert Thompson e Jon Venables motivou a redução da maioridade penal na Grã-Bretanha para 10 anos de idade



por BBC Brasil

Mais de 20 anos depois, o assassinato de um menino de dois anos por dois garotos de 10 anos permanece sendo uma das principais referências em discussões sobre maioridade penal na Grã-Bretanha.

O caso oferece interessantes pontos de comparação no debate sobre o tema no Brasil, especialmente depois da redução da idade de 18 para 16 anos ter sido aprovada por uma comissão especial do Congresso, em sessão realizada na noite de quarta-feira.

James Bulger foi raptado em um shopping center de Liverpool e morto, com requintes de crueldade, pelos garotos Robert Thompson e Jon Venables. O caso teve repercussão internacional e causou surpresa em vários países pela decisão das autoridades britânicas de julgar Thompson e Venables em um tribunal comum, em 1993.

Na época, a maioridade penal era de 14 anos. Mas a promotoria conseguiu levar Thompson e Venables a julgamento por tribunal comum porque conseguira provar que a dupla tinha plena consciência de que tinha cometido uma ação extremamente errada.

Cinco anos depois, durante o governo trabalhista de Tony Blair, político que era da oposição durante o caso Bulger e criticara abertamente a estrutura legal vigente, a maioridade penal britânica foi reduzida de 14 para 10 anos de idade.

No entanto, diferentemente do que aconteceu com os assassinos de Bulger, a lei estabelece que crianças e adolescentes de 10 a 17 anos presos e levados ao tribunal por crimes têm direito a tribunais especiais, sentenças mais brandas que as equivalentes para adultos. E, assim como Venables e Thompson, são mandadas para reformatórios especiais. Mesmo jovens de 18 anos são enviados para prisões adultas com limite de idade de 25 anos.

No mundo ocidental, apenas Escócia (oito anos), Nigéria e Suíça (sete) têm idade criminal mais baixa.

A ONU critica periodicamente o governo britânico pelo que considera uma faixa etária inadequada, e organizações de defesa dos direitos da criança regularmente tentam forçar uma discussão mais formal no Legislativo.

E mesmo vozes favoráveis ao status quo mostram preocupação. E elas, a de Laurence Lee, advogado de defesa de Venables no julgamento de 1993.

Em entrevista à BBC Brasil, Lee descreveu o julgamento dos meninos como “um circo alimentado pela mídia e por uma sociedade sedenta de vingança”.

Lee faz a ressalva de que a maioridade penal “é apenas um número se não for acompanhada de uma estrutura que simplesmente não criminalize crianças ou adolescentes”.

“Eles foram tratados como adultos, não tiveram o acompanhamento psicológico necessário e isso os marcou para sempre. Isso, na minha opinião, é o principal ponto na discussão sobre criminalidade juvenil. Se queremos reabilitação ou retribuição. Caso contrário, discutir a maioridade penal é apenas uma questão de números”, completa Lee.

Tal argumento é endossado por um dos mais vocais defensores de uma elevação da idade mínima no país. Richard Garside, diretor do Centro para Estudos Criminais e Jurídicos, acredita que “o primeiro passo é acabar com a ideia de que é preciso viver em extremos”.

“Não fazer coisa alguma ou simplesmente prender crianças e adolescentes são medidas que não levam em como baixos níveis de bem-estar social e educação, por exemplo. Isso antes mesmo de discutirmos o absurdo da legislação na Grã-Bretanha, que simplesmente dá poderes para que crianças de 10 anos sejam presas.”, diz Garside.

Para o especialista, a maioridade de 10 anos é um disparate diante de outros limites etários impostos para crianças de adolescentes britânicos.

“Na Grã-Bretanha, jovens só podem fazer tatuagens e votar aos 18 anos, e a idade legal de consentimento sexual é 16. São todas decisões baseadas em julgamentos sobre a maturidade intelectual, moral e mental de crianças, então fico sem entender como a mesma lógica não é aplicada ao sistema penal”.
Criminalizar a criança

Chloe Darlington, porta-voz da Children England, rede britânica de ONGs ligadas aos direitos da criança, vê na baixa idade de responsabilidade criminal um fator que deixa ainda mais vulneráveis crianças em dificuldades socioeconômicas.

“Criminalizar crianças que já vivem em circunstâncias difíceis não é benéfico nem para essas crianças nem para a sociedade. O bem-estar das crianças precisa estar à frente de qualquer demanda do público por retribuição (para algum delito cometido)”, diz Darlington.
Thompson e Venables

Os assassinos de Bulger, Thompson e Venables, foram colocados em um programa especial de detenção e enviados para duas unidades especializadas na reabilitação de menores, onde ficaram detidos por oito anos, com acompanhamento psicológico e educacional e o direito de receber visita de parentes.

Ao saírem da prisão, eles e os pais receberam novas identidades e as famílias foram transferidas para diferentes áreas da Grã-Bretanha, depois de receberem ameaças de morte.

Venables, porém, voltou a ser preso em 2010, por distribuir e baixar vídeos de pornografia infantil na internet. Foi solto novamente em 2013, sob nova identidade e com nova relocação.



Fonte: Pragmatismo Político

19 de junho de 2015

Delator indica que Odebrecht sabia de propina para Eduardo Campos

Em novo depoimento à força-tarefa da Lava Jato, o executivo da Camargo Corrêa e delator Dalton dos Santos Avancini afirmou que a empreiteira pagou R$ 8,7 milhões em propina para a campanha de Eduardo Campos (ex-PSB, morto no ano passado em um acidente aéreo) ao governo de Pernambuco por meio de um contrato fictício do Consórcio CNCC, liderado pela Camargo Corrêa. 

É a primeira vez que o delator, que já admitiu R$ 110 milhões de propina a ex-diretores da estatal, cita repasse para a campanha de um político.

Avancini afirmou em seu depoimento prestado no dia 6 de maio deste ano que a propina era referente a um outro contrato, este de terraplenagem das obras da refinaria, vencido pela Camargo em um outro consórcio formado Odebrecht, Camargo Corrêa, Galvão Engenharia e Queiroz Galvão. Segundo o delator, cada uma destas empresas teriam pago propinas individualmente ao candidato ao governo do Estado. "Eis que Camargo Corrêa veio pagar 8.7 milhões de reais titulo de propina em favor da campanha de Eduardo Campos para o Governo de Pernambuco por meio de um contrato fictício com Master Terraplenagem, junto ao Consórcio CNCC onde Camargo era líder poderia operacionalizar tais pagamentos sem ter de dar explicações", afirmou o executivo.


O depoimento, um dos elementos que serviu de base para a deflagração da 14ª etapa da Lava Jato nesta sexta-feira, 19, que levou à prisão os presidentes da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, cita ainda uma conversa sobre a propina com o diretor da Odebrecht, Marcelo Reis, também preso nesta sexta. Segundo o relato, o delator "presume que os demais consorciados tenham feito o mesmo (pago propina), observando que, conforme mencionado naquele termo (outro trecho do depoimento), Márcio Faria da Silva, diretor da Odebrecht, disse que esse valor sobre a terraplenagem da RNEST (a propina para Eduardo Campos) seria devido (para as empresas)".

Ele não detalhou como os repasses influenciariam na obra, tocada pela Petrobrás, estatal do governo federal e nem citou em que ano foi feito o repasse (Campos foi eleito em 2006 e em 2010 para o governo do Estado). A terraplenagem é uma das etapas iniciais da obra de Abreu e Lima, que começou em 2007, um ano após a eleição vencida por Campos no Estado. Na época, o político era aliado do governo federal, tendo atuado depois de eleito para a implementação na obra, uma das maiores do País, no Estado. Não é a primeira vez que o nome do ex-governador aparece no escândalo, no ano passado, o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa afirmou ter intermediado o pagamento de propina de R$ 20 milhões para campanha de Campos em 2010.

'Retorno'. Além de envolver outros executivos, o delator detalhou como a Camargo Corrêa fazia para "recuperar" o dinheiro da propina a partir do contrato com a Petrobrás. Questionado pela Polícia Federal sobre como a empresa seria "ressarcida" da propina, o delator afirmou que "o valor seria devolvido no lucro global do consórcio, já inflacionado pelos valores acrescidos com essa finalidade", disse.

De acordo com Avancini, a Camargo Corrêa inseria o "custo" da propina na rubrica de "contingências" dos contratos, que consideram fatores variáveis na execução da obra e que podem afetar o custo do empreendimento. "O custo da propina era inserido na rubrica 'contingências' o qual demandava diversos fatores variáveis, como clima (caso não houvesse o pagamento de verbas de chuvas), fatores trabalhistas, riscos técnicos, riscos financeiros, dentre outros", relatou o executivo.

A prática já havia sido revelada aos investigadores da Lava Jato pelo ex-gerente jurídico de Abastecimento da Petrobrás Fernando de Castro Sá. Em depoimento aos investigadores, ele afirmou que a estatal deixou de considerar índices pluviométricos para iniciar obras de terraplenagem de Abreu e Lima, o que elevou os custos da obra.

Segundo o ex-gerente jurídico, havia um consenso que a obra de Abreu e Lima não começaria em período de chuva, por causa da terraplenagem, técnica usada para aplainar o terreno. Porém, ao assumir o comando da obra, a Diretoria de Serviços teria alterado os padrões de contratação, que anteriormente levavam em contas índices pluviométricos.

COM A PALAVRA, O PSB: O Partido Socialista Brasileiro (PSB) informa que todos os recursos que financiaram as campanhas de Eduardo Campos para o governo de Pernambuco foram arrecadados legalmente. Inclusive, a conta referente a 2010 foi aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

COM A PALAVRA, A QUEIROZ GALVÃO: "A Queiroz Galvão nega veementemente qualquer pagamento ilícito a agentes públicos para obtenção de contratos ou vantagens. A companhia informa ainda que todas as suas doações seguem rigorosamente à legislação eleitoral. A Queiroz Galvão reitera que sempre pautou suas atividades pela ética e pelo estrito cumprimento da legislação".





Fonte: Estadão
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Diclofenaco e Naproxeno podem provocar infertilidade? Eles estão inibindo ovulação em apenas 10 dias, alerta cientista

Medicamentos tomados regularmente para aliviar a dor nas costas podem reduzir a fertilidade da mulher de forma intensa, alertam especialistas.


Os investigadores descobriram que um grupo de medicamentos, conhecidos como fármacos anti-inflamatórios não-esteróides (AINEs), “inibem de forma significativa a ovulação”.

AINEs estão entre as drogas mais usadas em todo o mundo, sendo tomadas por mais dezenas de milhões de pessoas todos os dias. Disponíveis sem receita médica, eles são amplamente utilizados para o tratamento de dores, inflamação e febre, todas as características comuns de condições que envolvem a dor articular e muscular. Eles incluem os populares naproxeno, diclofenaco, ibuprofeno e ácido acetilsalicílico.

Os pesquisadores analisaram os efeitos de três AINEs: diclofenaco, naproxeno e etoricoxib, e a relação com a fertilidade.

Apenas de 6% a 27% das mulheres que tomavam os remédios, ovularam normalmente, dependendo do tipo de medicamento utilizado. Os médicos disseram que o risco de redução da fertilidade relacionado com as drogas, devem ser comunicados às mulheres que tomam regularmente a medicação.

Os pesquisadores sugerem que as drogas também podem ser pesquisadas como um contraceptivo potencial. "Depois de apenas dez dias de tratamento, vimos uma diminuição significativa da progesterona, um hormônio essencial para a ovulação, em todos os grupos de tratamento, bem como cistos funcionais em um terço das pacientes", disse o investigador do estudo, professor Sami Salman, da Universidade de Bagdá, no Iraque.

"Estes resultados mostram que mesmo o uso a curto prazo destes populares medicamentos, poderiam ter um impacto significativo sobre a capacidade das mulheres de ter filhos. Isso precisa ser melhor comunicado aos pacientes com doenças reumáticas, que podem tomar esses medicamentos em uma base regular, com pouca consciência do impacto", completou Salman.

Eles recrutaram 39 mulheres em idade fértil que sofrem de dor nas costas para participar no estudo. As mulheres receberam o diclofenaco (100 mg uma vez por dia), naproxeno (500 mg duas vezes por dia) e etoricoxib (90 mg uma vez por dia) ou um placebo. As drogas foram administradas 10 dias após o início do seu ciclo menstrual - o primeiro dia do período fértil de uma mulher.

Os investigadores testaram se as mulheres tinham ovulado, analisando o nível de progesterona, através de uma amostra de sangue. Também foram medidos o diâmetro do folículo dominante, utilizando ultrassonografia. A ruptura do folículo dominante, e a posterior liberação de um óvulo é essencial para que ocorra a ovulação.

Das mulheres que receberam AINEs, apenas 6,3% das medicadas com diclofenaco ovularam. Apenas 25% das mulheres que tomaram naproxeno e27,3% das que tomaram etoricoxib conseguiram ovular.

"Estes resultados destacam os efeitos nocivos que os AINEs podem ter sobre a fertilidade, e poderiam abrir a porta para pesquisas de um novo contraceptivo de emergência, com um perfil de segurança mais favorável do que os atualmente em uso”, concluiu Salman.




Fonte: Jornal Ciência
Foto: Reprodução / Hernia de Disco 

18 de junho de 2015

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,05813,0588+0,03%
Dólar tur.3,04003,2200-0,31%
Euro3,48453,4882+0,61%
Libra4,86564,8719+0,6%
Pesos arg.0,33820,3387+0,48%

Fonte: Thomson Reuters

Blogueiro Ed Soares é baleado. AblogPE solicita intervenção do Governo do Estado no caso

Um atentado contra a vida e a liberdade de opinião. 

Levamos ao conhecimento da sociedade
pernambucana que na noite da quarta-feira (17/06), o Blogueiro Ed Soares
(http://www.blogdoed.com/), da Cidade de Barreiros, na Mata Sul, foi mais uma vítima da
violência que assola a região. 

Dois homens ainda não identificados chegaram até a residência
deste Blogueiro, em uma motocicleta e desferiram vários disparos de arma de fogo, tendo um
dos tiros atingido um vaso sanguíneo femoral da vítima. O mesmo se encontra internado, em
estado grave, no Hospital da Restauração, no Recife.

Ed Soares detém forte atuação na cidade através de seu veículo de comunicação, denunciando
mazelas sociais, abusos políticos e econômicos presentes na região. De modo que ele, como
integrante da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco, queremos nos solidarizar
com toda a família e apelar às autoridades policiais no sentido da elucidação deste crime, bem
como o esperado indiciamento do (s) possível (is) mandante (s).

A AblogPE rechaça qualquer atitude revanchista, perseguidora, arbitrária e atentatória à vida
sob aqueles que exercem suas atividades em pleno gozo dos direitos civis e faz da mídia digital
uma paixão à vida. Diante do fato, a associação solicitou junto as Secretarias de Defesa Social e
Direitos Humanos do Governo de Pernambuco, atenção ao caso, com assistência ao blogueiro
e a sua família, inclusive proteção policial.

À tarde desta sexta (19), representantes da AblogPE estarão no HR para combinar uma ação
conjunta com os familiares, inserindo também a OAB-PE no apoio a elucidação deste caso.
Consideramos pertinente que se faz necessário a designação de uma autoridade policial para
cuidar especialmente deste caso, procurando elucidar e fornecer uma rápida resposta contra
esta truculência que atenta ao nosso Estado Democrático de Direito.


Diretoria da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco – ABLOGPE


Bolsa sobe 1,86% e tem maior nível em 3 semanas, puxada por Vale e bancos

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,86% nesta quinta-feira (18), a 54.238,59 pontos. É o maior nível em mais de três semanas, desde 25 de maio, quando o índice teve pontuação de 54.609,25.

Na véspera, a Bolsa havia caído 0,84%, a 53.248,54 pontos

As ações da mineradora Vale e de bancos, com grande peso no Ibovespa, puxaram a alta do dia. 

Os papéis ordinários da Vale (VALE3), com direito a voto em assembleia, ganharam 4,78%, a R$ 20,40. Os preferenciais (VALE5), com prioridade na distribuição de dividendos, se valorizaram 3,2%, a R$ 17,39.

O Bradesco (BBDC4) avançou 3,75%, a R$ 28,76. O Banco do Brasil (BBAS3) ganhou 3,24%, a R$ 23,28. O Itaú Unibanco (ITUB4) subiu 2,47%, a R$ 34,78.
Petrobras sobe 2%

As ações da petroleira Petrobras também avançaram no dia, após rumores de que a empresa planeja vender usinas de etanol, com parte do plano de venda de negócios para pagar dívidas.

As ações ordinárias da estatal (PETR3) subiram 2,14%, a R$ 14,80. As preferenciais (PETR4) tiveram alta de 1,9%, a R$ 13,44.
TIM tem maior alta da Bolsa

As ações da TIM tiveram a maior alta do dia, após notícias de que o grupo de mídia francês Vivendi, que deve se tornar principal acionista da Telecom Italia, controladora da TIM, quer vender a empresa de telefonia.

As ações da TIM (TIMP3) subiram 5,72%, a R$ 10,53. 
Dólar fecha quase estável, a R$ 3,059

No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou quase estável, com leve alta de 0,03%, a R$ 3,059 na venda, interrompendo uma série de duas quedas.

No dia anterior, o dólar havia caído 1,21%, a R$ 3,058, no menor valor de fechamento desde 21 de maio, quando valia R$ 3,043.
Bolsas internacionais

As principais Bolsas da Europa fecharam em alta.

Portugal: - 0,01%
França: + 0,27%
Inglaterra: + 0,41%
Espanha: + 0,54%
Itália: + 1,06%
Alemanha: + 1,11%

A maioria das Bolsas da Ásia e do Pacífico fechou em queda.

China: - 3,66%
Austrália: - 1,26%
Japão: - 1,13%
Cingapura: - 0,77%
Taiwan: + 0,31%
Coreia do Sul: + 0,34%



Fonte:Uol/Reuters

15 de junho de 2015

Cientista divulga imagens de micróbios, presentes nas mãos de criança de 8 anos, após ela brincar na rua

Tasha Sturm, uma técnica de laboratório do Cabrillo College, na Califórnia, EUA, criou um conjunto de imagens que ilustra o diversificado mundo de micróbios que vivem em nossa pele.


Esta placa de Petri (recipiente utilizado em laboratório) colorida está cheia de bactérias, leveduras e fungos que foram encontrados nas mãos de seu filho, uma criança de 8 anos de idade, depois que ele voltou para casa, após brincar na rua.

Sturm explicou o processo no portal Microbe World, onde ela postou as imagens. Ela usou ágar tríptico de soja, que forma uma geleia nutritiva perfeita para o cultivo de culturas microbianas.


As estruturas visíveis diferentes destas colônias bacterianas refletem suas características microscópicas. Micróbios com e sem membranas ou flagelos de proteção (que lhes permitem nadar) vão criar colônias de diferentes cores, formas, texturas e tamanhos. O resultado é espetacular!






Fonte: Jornal Ciência/BoredPanda 
Foto: Reprodução 

Policial que agrediu menina de 14 anos nos EUA é suspenso

Além de agredir uma menina de 14 anos, o policial Eric Casebolt foi flagrado apontando a arma para pessoas que não mostravam resistência

Foto: Reprodução

Imagens mostram o policial Eric Casebolt puxando o cabelo da garota enquanto força sua cabeça no chão. As cenas foram gravadas com um telefone celular durante uma festa em uma piscina comunitária.

O homem foi temporariamente suspenso da polícia.

O prefeito de McKinney pediu providências, mas o caso reacende o debate sobre racismo nas operações de forças policiais americanas.
Racismo e polícia

O incidente reforça as críticas de uso excessivo de força e brutalidade por parte da polícia americana contra membros da comunidade afroamericana.

Recentemente, uma investigação da secretaria de Justiça dos Estados Unidos deflagrada após a morte de Michael Brown, um jovem negro desarmado, por um policial em Ferguson (Missouri), concluiu que o racismo faz parte da rotina da polícia local, em particular contra a comunidade negra.

O relatório concluiu que a polícia de Ferguson e a justiça local participavam de uma “rotina” de discriminação contra a população negra.

O documento destaca que entre 2012 e 2014, enquanto os negros respondiam por 67% da população, 85% dos automóveis parados pela polícia eram conduzidos por negros e 90% das pessoas convocadas ao tribunal eram negras, do mesmo modo que 93% dos detidos.

Em 88% dos casos de uso da força policial os suspeitos eram afro-americanos.



Fonte: P. Político

Abertas as inscrições para 2ª Corrida do Advogado de Pernambuco

Já estão abertas as inscrições para a 2ª Corrida do Advogado de Pernambuco, que acontece no dia 8 de agosto, às 16h, com saída do Paço Alfândega, no Recife Antigo. O evento faz parte das comemorações da Semana do Advogado e é organizado pela Caixa de Assistência aos Advogados de Pernambuco (CAAPE), da OAB/PE. A corrida terá os percursos de 5Km e 10Km e tem patrocínio da Track&Field e Qualicorp.

A participação é aberta ao público e os interessados podem fazer sua inscrição no site www.uptempo.com.br. O investimento é de R$ 50,00 para advogados e R$ 85,00 para o público em geral. O valor é o mesmo para ambas as distâncias.

“É muito importante manter a saúde em dia, especialmente no caso do advogado, que é um profissional liberal. Por isso, a CAAPE visa a prevenção de doenças, através do programa Advogado Saudável e de atividades físicas, como Grupo de Corrida, passeio ciclístico e Corrida do Advogado, que está em seu segundo ano”, afirma o presidente da CAAPE, Ronnie Preuss Duarte. 

Os três primeiros colocados na categoria masculina e na feminina receberão troféus e brindes, e todos que cruzarem a linha de chegada ganharão medalhas de participação. Maiores informações: (81) 3223.0902 / 3223.8887 / 3231.4121.



Ascom

14 de junho de 2015

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso.

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,11643,1181+0,39%
Dólar tur.3,10003,2900+2,17%
Euro3,49603,5000-0,47%
Libra4,84944,8553+1,13%
Pesos arg.0,34460,3453+0,76%

Fonte: Thomson Reuters

Morre Ivinho, guitarrista do Ave Sangria

Ele estava internado no Hospital Otávio de Freitas

Músico não participou do último show da banda, em abril. 
Foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press

"Meu colírio são as lágrimas". Assim, Ivinho definiu durante a semana, poucas horas antes de morrer, o sofrimento pelo qual passava. Ele queria comemorar nos palcos a retomada da Ave Sangria, lendária banda pernambucana da década de 1970, um dos principais ícones da rock psicodélico da época.

Nesta sexta-feira, aos 62 anos, ele perdeu a luta contra a a hemorragia digestiva, em decorrência de uma cirrose diagnosticada no início do ano. Ivson Wanderlei Pessoa morreu às 20h31, de falência múltipla de órgãos. Ele estava desde o dia 4 de junho no Hospital Otávio de Freitase, Tejipió. 

O corpo de Ivinho será enterrado no Cemitério de Casa Amarela, neste domingo, às 11h. "Ele teve uma recaída muito forte e estava sofrendo muito. Não tinha mais onde pegar sangue. Deus sabe o que faz. Quando fui visitá-lo ontem (sexta), ele estava muito debilitado. Passou mal e foi transferido para a UTI", conta o irmão dele, Sinay Pessoa, de 60 anos. O guitarrista tinha uma filha e morava sozinho, na Boa Vista.

No fim de abril, ele foi internado com hemorragia gástrica e ficou internado no Hospital Agamenon Magalhães. Devido à internação, ele não participou do show do Ave Sangria na primeira noite do Abril Pro Rock. O companheiro de banda Paulo Rafael assumiu a guitarra solo.

"A gente estava aguardando ele se recuperar para voltar a tocar com a banda. Mesmo quando não tinha show da Ave Sangria, a gente se encontrava, tinha uma relação musical muito forte. Ele era meu amigo desde criança", conta Almir Oliveira, baixista do grupo.

Considerado um dos melhores instrumentistas do estado, Ivinho entrou na Ave Sangria junto com Almir Oliveira. Apaixonado pela guitarra, foi o compositor de um dos temas instrumentais do LP do Ave Sangria, Sob o Sol de Satã. Nela, tocou quase todos os instrumentos, com exceção da bateria, gravada por Israel Semente Proibida.

O vocalista da Ave Sangria, Marco Polo, esteve com Ivinho poucos dias antes do internamento e lamentou a perda. "Ele estava muito bem, bem humorado. Contei que ele iria receber os cachês, mesmo sem poder participar dos shows, porque o som da banda tem o DNA dele. Estou muito triste", relatou.

Para Marco Polo, Ivinho e Israel Semente Proibida eram dois talentos acima da média na banda. "A Ave Sangria é uma soma muito feliz de talentos, mas eles dois eram geniais, com capacidade de conquistar o mundo", acrescentou o vocalista.

Ele chegou a integrar a banda de Alceu Valença, mas logo se afastou. Como artista solo, foi o primeiro brasileiro a se apresentar no Festival de Montreux - embora os créditos históricos dediquem a honra a Gilberto Gil -, na Suíça, 1978, templo do jazz , em show que acabou virando disco.



Fonte: DP

8 de junho de 2015

Você não vai mais conseguir vestir roupas novas antes de lavá-las após saber destas informações dadas por uma dermatologista!

Muitas vezes, ao comprar roupas novas, as pessoas simplesmente tiram as etiquetas e as usam imediatamente. Porém, é importante saber que a prática não é recomendada por questões de higiene.


Devido a diferentes leis que variam entre os países, sobre os níveis autorizados de produtos químicos nos tecidos, sua roupa pode ser movimentada ao redor do globo levando várias substâncias que podem irritar a pele, diz publicação do The Wall Street Journal.

De acordo com Donald Belsito, professor de dermatologia na Columbia University Medical Center, em Nova York, com especialidade em dermatite de contato, às vezes é necessário lavar a roupa nova, até mesmo mais de uma vez antes de usá-la.

Muitos tecidos sintéticos são feitos a partir de corantes do tipo azo-anilina, que podem causar uma reação cutânea grave caso alguém seja alérgico a ela, e uma reação menos intensa, mas ainda assim irritante, causando manchas e pele ressecada.

Pode demorar mais de uma lavagem para higienizar o corante, caso contrário, causará coceira e manchas vermelhas "especialmente perto das áreas onde há atrito ou transpiração, como a cintura, pescoço, coxas e em torno das axilas", disse Belsito.

Se você é realmente alérgico a esses corantes, o especialista diz que é preciso evitá-los completamente, mesmo após várias lavagens.

Outra irritação poderia ser resultado de resinas de formaldeído usadas, principalmente, para reduzir os riscos dos tecidos adquirirem mofo. Estas resinas podem causar duas formas de eczema - dermatite alérgica de contato e dermatite irritativa de contato - com sintomas como pele escamosa e erupções cutâneas.

Também não é possível saber quem já tocou naquela roupa ou a experimentou nos provadores das lojas, tornando possível que germes e outras criaturas estejam escondidas no tecido. "Tenho visto muitos casos de piolhos que foram possivelmente transmitidos em provadores de lojas, pelas peças de roupas, e há certas doenças infecciosas que podem ser transmitidas por elas" diz Belsito, observando que a sarna também podem estar presente nas roupas.

O conselho do Dr. Belsito é lavar todas as roupas novas, pelo menos uma vez, não importando o tipo de tecido. "Em termos de higiene, é uma coisa muito importante a se fazer", diz ele.




Fonte: J. Ciência

COTAÇÕES: Dólar, Euro, Libra e Peso

COMPRAVENDAVARIAÇÃO
Dólar com.3,10793,1099-1,29%
Dólar tur.3,10003,2800-1,2%
Euro3,51043,5154+0,58%
Libra4,77334,7798-0,48%
Pesos arg.0,34460,3451-0,89%

Fonte: Thomson Reuters