2 de setembro de 2014

Crime Ambiental? Mais de 53 toneladas de peixes mortos foram retirados de um lago no México

Mais de 53 toneladas de peixes mortos foram retirados do Lago Cajititlan, no oeste do estado de Jalisco.

O Departamento de Meio Ambiente já informou que as mortes não foram provocadas por causas naturais, mas o verdadeiro motivo ainda não foi identificado.

Amostras de peixes foram enviadas para laboratórios especializados em busca de respostas. Os peixes são do tipo Chup.

De acordo com Manuel Guzman Arroyo, diretor da Universidade do Instituto de Água Doce de Guadalajara, o lago é muito superficial e ventos fortes poderiam ter levado vários sedimentos ao local, o que teria diminuído o espaço para os peixes e, por consequência, reduzida a oferta de oxigênio.


Esta foi a quarta vez que houve grande mortandade de peixes no mesmo local. O lago é cercado por conjuntos habitacionais de grande escala e sua água é usada para irrigação e recreação, mas Arroyo afirma que esses não seriam os motivos dos problemas ambientais.

Na semana passada, as autoridades do país já haviam confirmando que aves, tartarugas e peixes haviam morrido após um derramamento de combustível em um rio no estado da costa do Golfo em Veracruz. Mais de 1,2 km foi o total da extensão atingida pelo combustível, que vazou após perfurações ilegais em um duto de gasolina.





Fonte: NYDailyNews/JC
Foto: Reprodução / HECTOR GUERRERO / AFP / GETTY IMAGES via AsianTown