Eduardo: "Quem confia em mim, vota em Paulo e Fernando"

Mais de três mil pessoas lotaram a quadra do Colégio Santa Maria, em Timbaúba, para receber os candidatos a presidente da república, Eduardo Campos, a governador Paulo Câmara e a senador Fernando Bezerra Coelho (PSB).

 O evento, que marcou o lançamento da candidatura de Marinaldo Rosendo (PSB) a deputado federal, aconteceu no final da manhã deste domingo, em clima de festa e esperança na vitória da Frente Popular. Geraldo Júlio, prefeito do Recife e Guilherme Uchoa, presidente da Assembleia Legislativa, compareceram à agenda.

“Quem confia em mim, antes de votar em mim, vota em Paulo e Fernando. Eles me representam nestas eleições”, disse Eduardo Campos para uma plateia empolgada. Ele ponderou que um governo não pode ser objeto de brigas, porque das medidas adotadas pela gestão dependem as vidas de milhares de pessoas. “Quatro anos perdidos, com um governo errado, podem significar a sobrevivência de um jovem que esperava pelo emprego ou de uma mulher que precisava de atendimento médico”, discursou. Ele lembrou que em 2006, quando disputou o governo do estado pela primeira vez, começou a disputa com apenas 4% das intenções de voto. “Já muita gente boa de ganhou nas pesquisas, nós vamos vencer nas urnas”, afirmou.

“Nossos adversários não tem o que mostrar. As pessoas vão começar a saber quem está nos acompanhando, quem está jogando em nosso time. Vamos vencer as eleições”, falou Paulo Câmara. Ele convocou a militância a ganhar as ruas e garantir a vitória da Frente Popular. “Vamos com garra, coração e fé construir esta vitória”.

Fernando alertou para a “”indústria dos boatos” que circula antes das eleições. “Já tem gente dizendo que Eduardo vai acabar com o Bolsa Família. É mentira. Eduardo irá ampliar o Bolsa Família”. Ele lembrou que Miguel Arraes, avô de Eduardo, criou o Chapéu de Palha, primeiro grande programa de transferência de renda do país. “Eduardo aprendeu a trabalhar pelos que mais precisam e vai fazer ainda mais pelo Brasil”, declarou Fernando.


Assessoria de Imprensa do PSB
Crédito: Rodrigo Lobo

Translate